História do ponto cruz


O ponto cruz é uma forma de bordado das mais antigas do mundo e pode ser encontrada em todo o mundo, principalmente nas regiões da Ásia e Europa. Sua história vem desde a antiguidade, evidencias confirmam que ele tenha surgido nos tempos das cavernas. O homens das cavernas faziam pontos em formato de cruz para costurar peles de animais e assim produzirem as roupas para se protegerem dos raios solares e do frio.
No antigo Egito, durante escavações arqueológicas, foram encontrados alguns fragmentos de linho e neles haviam ponto cruz, que era usado para cerzir as roupas daquela época.
Os Romanos se referiam a essa arte como sendo uma espécie de "pintura com agulha". O ponto cruz como conhecemos hoje tem algumas controvérsias, alguns historiadores dizem que ele surgiu na China, depois veio para a Europa. Durante o século XVIII, houve uma produção em larga escala de ponto cruz, que  eram bordados por pessoas de todas as classes, nessa época, as pessoas faziam mostruários de peças, para facilitar a escolha de desenhos e cores que seriam usados na composição. O ponto cruz foi tradicionalmente usado para embelezar itens, como roupas de cama, panos de prato, toalhas de mesa e muitas vezes, o desenhos eram feitos para identificar seus donos, como as iniciais de nomes.
Hoje com o avanço de tudo, está bem melhor as coisas, mais variedades de linhas, tecidos e principalmente de gráficos, que são coloridos e mais modernos, antigamente era tudo preto e branco já pensou o sacrifício de bordar nesse tempo. Além do mais hoje tem a internet, onde podemos achar toda espécie de gráfico, uma maravilha!
Fonte: WR Artes